sexta-feira, 1 de novembro de 2013

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

 Título: Principezinho
Autor:
ISBN: 1555826635
Editora: Europa-América
Número de páginas: 81
Género(s): Clássico; Fantasia; Filosofia, Infantil.



 «Mostrei a minha obra-prima às pessoas grandes, perguntando se o meu desenho lhes metia medo.
As pessoas grandes responderam-me:
-Por que havia um chapéu de meter medo?
O meu desenho não representava nenhum chapéu. Representava uma jibóia a digerir um elefante. Então desenhei a jibóia transparente, para as pessoas grandes compreenderem. Elas precisam sempre de explicações. O meu desenho número 2 ficou assim: »
Crítica Literária:
"Todas as pessoas grandes foram uma vez crianças... mas apenas algumas se lembram disso“ como refere Saint-Exupéry. Eu acho que se ler este livro se relembrará a criança que poderá estar escondida dentro de si. A sua face de criança existe e não devia viver sem ela. Devia mantê-la viva! A vida é mais do que aquilo que a sociedade nos ensina. Este é o motivo que me leva a recomendar tanto este livro para crianças e adultos! Deviam lê-lo juntos, mas não perceberão o mesmo. É fantástico por ser um livro para a vida, para ler muitas vezes e perceber sempre algo de novo e esta é a razão pela qual este é um dos meus livros favoritos!
Quando nós lemos este livro, nós pensamos em como podemos conhecer alguém. É sobre conhecer o que a pessoa é para a sociedade ou sobre o que a pessoa realmente é? Importa a sua voz, o seu cheiro, o seu toque ou o seu peso, a sua força e a sua economia? Quando adultos, aprendemos tanto sobre a vida que nos esquecemos de coisas importantes sobre o conhecimento da criança. Claro que é possível porque "as palavras são uma fonte de mal-entendidos"... Não concorda?
"Só as crianças sabem o que procuram" por isso devia encontrar a criança que há em si e ler este livro para saber quão interessante é. Caso não consiga, eu recomendo-o na mesma só porque é demasiado especial para o deixar sem sem lido. [Sim, como deve ter percebido, eu não consigo deixar de usar frases do autor pois na minha opinião, ele é um dos melhores e é tão perfeito que eu estou a tentar mostrá-lo]. Aqui tem 91 páginas de conhecimento da humanidade, bem como uma história para as suas crianças antes de dormir.
Já agora, introduzindo um tema do livro e deixando um recado: "Tu tornas-te responsável, para sempre, por aquilo que cativas." Esta é uma mensagem interessante que fica retida na cabeça de quem lê o livro, geralmente. O Principezinho fica responsável pela sua rosa. E você é responsável por quem? Se a resposta é "ninguém", então devia pensar em cativar alguém, porque como escreveu o autor "As coisas mais bonitas deste mundo não conseguem ser vistas ou tocadas, mas sentidas com o coração"!

Resumo: O Principezinho, Antoine de Saint-Exupéry (Goodreads)

Escrito por TH. 

2 Review(s):

Cata disse...

Adoro este livro. Já o li tantas vezes, mas consegue sempre surpreender-me!

Catarina Paulo disse...

Descobri hoje este blog e estou a gostar bastante do potencial que ele tem!

Infelizmente este é o único livro que li da lista publicada até ao momento.

Li o livro quando era mais pequena e lembro-me de ter gostado da história mas desgostado das ilustrações! :)

Fico à espera do início do debate no separador sobre os autores!! :)

Catarina